terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Poesia

É aquilo que tento fazer direito mais não consigo , já deixo bem claro para depois nem me importunar falando que meus poemas são ruins, eu sei que são, só não gosto de lembrar oras, mas como um poeta de buteco e um grande admirador dessa arte, não poderia deixar de citar Augusto dos Anjos.

Bom ele é um dos maiores críticos do tempo em que viveu, considerado um pré-modernista para alguns e um parnasiano para outros, infelizmente já morto em virtude de uma pneumonia, mas como falar dele sem mostrar uma de suas poesias...veja abaixo:

Psicologia de um Vencido.

Eu, filho do carbono e do amoníaco,                  Já o verme - este operário das ruínas -
Monstro de escuridão e rutilância,                      Que o sangue podre das carnificinas
Sofro, desde a epigênese da infância,                 Come, e á vida em geral declara guerra,
A influência má dos signos do zodíaco.

Profundissimamente hipocondríaco,                    Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
Este ambiente me causa repugnância...                E há de deixar-me apenas os cabelos,
Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia         Na frialdade inorgânica da terra!
Que se escapa da boca de um cardíaco.

Bom, deu para entender o que é poesia de verdade, eu espero, mas deixe-me aproveitar o momento e postar uma de minhas poesias, nada demais, contudo é importante para mim e é uma das minhas preferidas.

Os antônimos

Amaste-me como amo-te?                                        E por que a te amo?
Eis a duvida que criei                                                   Mantive-me calado
Amo-te em minha constante                                    Por um amor chamo
Da qual nunca duvidei                                                 Afrodisíaco do Diabo

E qual a lógica do sentimento?                                Em minha boca resta o fel
Pensei que nunca deixaria conquistar                 Como de teu feliz rosto sinto falta
Contudo com você, apenas um momento          Aquele era o paraíso, meu céu
E posso entender o que é amar                                Onde somente a você amava.


Bom, sei que não há comparação mas se alguém gostou e poderia me avisar depois, de qualquer forma tem um bônus nesse post, veja clicando aqui .

Nenhum comentário:

Postar um comentário